Projectos

Projecto LIG (Laboratório de Investigação em Género)

O Laboratório de Investigação em Género é um projecto promovido e implementado pelo Centro de Investigação e Formação em Género e Família (CIGEF) e pela Coordenação do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), com o apoio das agéncia das Nações Unidas (UNFPA e ONU-Mulheres), ICIEG, entre outros parceiros nacionais e internacionais.

O laboratório tem como finalidade desenvolver e disseminar pesquisas nas linhas de acção do CIGEF e no âmbito do PPGCS, em interlocução com alunos em formação no âmbito da graduação em Ciências Sociais. É composta por 5 subnúcleos: Gênero e família; Experiênciais de masculinidades; Gênero e migrações; Gênero e violência; e Gênero e desenvolvimento. Cada subnúcleo é composta por 3 a 4 pós-graduandos, um assistente de pesquisa e é coordenado por um ou dois professores. O projecto esta em andamento desde Setembro de 2012.

Mais informações clique _TDR

Este slideshow necessita de JavaScript.

__________________________________________________________

“Realidade social, formativa e laboral das pessoas portadoras de deficiência em Cabo Verde”

Cabo Verde ratificou no ordenamento jurídico interno, em particular, na Constituição da República e no Código Laboral, as principais convenções da Organização Internacional do Trabalho (OIT) designadamente: abolição do trabalho forçado, a discriminação sobre o emprego e a profissão, a liberdade e a protecção do direito sindical, o direito de organização e de negociação colectiva, a igualdade das remunerações, a proibição do trabalho infantil, a segurança e a saúde dos trabalhadores.

Apesar da existência dessas normas jurídicas que consagrem o princípio da igualdade a todos os seres humanos, sem quaisquer discriminações, subsistem na prática, social e culturalmente, diversas formas de restrição e limitações que afectam particularmente as pessoas com necessidades especiais, impedindo-as de exercer plenamente a sua cidadania.

É neste contexto, que o CIGEF (Centro de Investigação e Formação em Género e Família), encontra-se neste momento a realizar o estudo “Realidade social formativa e laboral das pessoas portadoras de deficiência em Cabo Verde” recomendado pela SIMPROMI (Sociedade Insular para a Promoção das Pessoas com Deficiência) – Canárias. O mesmo terá uma duração de três meses e estará sobre a coordenação das  professoras Carmelita Silva, Carla Carvalho, Celeste fortes e conta com o apoio do Responsável pela Unidade de Estudos e Projectos de Cooperação, Sr. Ambino Silva.

O estudo visa conhecer a realidade social, formativa e laboral das pessoas portadoras de deficiência em Cabo Verde através de:

  1. Levantamento dos dados sociodemográficos da população portadora de deficiência nos municípios das ilhas de Santiago e São Vicente e nos locais de residências dessas pessoas;
  2. Reconhecer e sistematizar os dados académicos, formativos e laborais das pessoas portadoras de deficiência nas ilhas de Santiago e São Vicente (dados sobre formação realizada, experiências laborais…);
  3. Caracterizar o perfil das pessoas portadoras de deficiência (informações referentes a tipos de incapacidade, taxas, etc);
  4. Analisar dados sobre pensões recebidas, prestação ou assistência (quanto recebe e a quanto tempo recebe ajuda);
  5. Caracterizar o perfil das famílias de pessoas portadora de deficiência (número de agregado familiar, grau académico dos agregados familiares);
  6. Analisar as razões que justifiquem as suas preferências por certas ocupações bem como as motivações socio laborais (suas expectativas em relação ao emprego);
  7. Identificar e analisar os factores que restringem a participação activa das pessoas portadora de deficiência no mercado de trabalho.

Espera-se a partir deste estudo os seguintes resultados:

  1. Actualizados indicadores de integração formativa e laboral das pessoas portadoras de deficiência residentes em Santiago e São Vicente;
  2. Sistematização dos dados sobre pessoas portadoras de deficiência em Cabo Verde;
  3. Conhecidos os progressos em termos de legislação, programas e medidas de políticas que promovam a integração das pessoas portadoras de deficiência no mundo laboral e no mundo académico;
  4. Traçado o perfil sociodemográfico e familiar das pessoas portadoras de deficiência residentes nas ilhas de Santiago e São Vicente;
  5. Diagnosticado a situação real das pessoas portadoras de deficiência por forma a criar medidas de políticas públicas que garantam a sua plena integração na sociedade cabo-verdiana;
  6. Definido uma matriz e quadro de execução, contendo metas, actividades, os resultados, meios de verificação para possibilitar o seguimento e avaliação de planos, programas e medidas de políticas implementadas para garantir uma melhor integração das pessoas portadoras de deficiência em Cabo Verde.

Para mais informação sobre o estudo no site de SIMPROMI

Uma resposta a Projectos

  1. Elisabetta Girotto diz:

    obrigada

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s